A Meu Ver!


2.1.04 4:24 AM


Ano será marcado por volta do Nirvana e rock 80


Em 2004, as rádios e prateleiras das lojas de disco deverão ser invadidas pelo som do Nirvana e das bandas que fazem um estilo parecido. O motivo: os dez anos do suicí­dio do vocalista da banda, Kurt Cobain.
A aposta parte do jornalista Steve Sutherland, editor da revista New Music Express, uma das principais publicações dedicadas à  música da Grã-Bretanha.

"Os fãs vão ser surpreendidos com gravações nunca lançadas pelo Nirvana ou novos remixes", disse Sutherland à  BBC Brasil.

O jornalista acredita também que uma das grandes promessas da música no ano que vem será a banda americana The Distillers. "Eles atualizaram o som do Nirvana. E fazem uma música bastante crua, mas ao mesmo tempo, bastante comercial", afirmou.





Mais nostalgia
Outra banda que deve fazer um retorno triunfal, na opinião do editor da NME, é o Duran Duran, que já está com uma turnê mundial marcada para este ano e vai lançar um novo Álbum.

E ainda na onda dos revivals, as revistas especializadas acreditam que um dos gêneros que prometem fazer sucesso em 2004 será o "metal bem-humorado", cujo maior expoente é a banda britânica The Darnkess.

Com suas cabeleiras despenteadas, as roupas colantes e abertas, mostrando os peitos peludos, e as músicas que falam de amor, o grupo foi apontado como a grande surpresa da música britânica em 2003.

Steve Sutherland diz que várias bandas novas estão surgindo no rastro do The Darkeness, como Gliteratti, por exemplo. "Esses nomes estão tornando o rock mais excêntrico", explicou.

Rock sério
O revival dos anos 80 também vai ocorrer no que o editor da revista Uncut, Paul Lester, chamou de "rock sério". "As pessoas ligadas em música estão tratando de ressuscitar e reabilitar o indie rock no iní­cio da década de 80", afirmou.

Na lista de promessas para 2004, o jornalista aposta em duas bandas: The Rapture, descrita pela crítica como uma "arma de destruição em massa", e Interpol, que já entrou no estúdio para gravar seu segundo Álbum e começa o ano fazendo uma turnê pelos Estados Unidos e Canadá.

Pop
Na música pop, os crí­ticos acreditam que o R&B ainda vai imperar. E é­ leia-se muita Missy Elliot e muito Justin Timberlake.

Na dance music, a resposta não é tão óbvia, segundo Paul Lester. "Vai fazer sucesso nas pistas quem tiver a coragem de levar a mistura de drum´n´ bass com garage para uma próxima fase", disse.

"Provavelmente essa pessoa deve ser um adolescente que neste exato momento está brincando com as suas pick-ups em um quarto na sua casa em Brixton", afirmou o jornalista, referindo-se a um dos bairros tradicionalmente de comunidade negra numerosa do sul de Londres.

E Lester avisa aos fãs das baladas românticas para ficarem de ouvidos atentos para uma cantora que vem do outro lado do mundo. Bic Runga vem da Nova Zelândia e está sendo chamada de "a nova Dido". "Em seu paí­s, ela chega a vender mais do que Madonna e seus produtores já estão preparando a aterrissagem dela na Grã-Bretanha", contou o editor da Uncut.

BBC Brasil
BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.
Fonte: Terra Música

[!] Eu recomendo o Interpol, pra começar ou  PDA
[!] Recomendo também o The Rapture, que quem vê MTV, frequenta as pistas ou ouve a Brasil 2000 já deve ter ouvido!
[!] Acho muito difí­cil que o The Darkness faça muito sucesso no Brasil!
[!] Quanto a essa Bic Runga não sei não... essas estréias de "A NOVA" nunca dão certo!

Marcadores:


Melhor visualizado em 1024 x 768 - Counter: Site Meter