A Meu Ver!


Another nine

Finalmente tive o que queria, aquilo pelo que mais pedi, ouvi o que queria e também o que não queria.

Foram mais lagrimas do que podia ter chorado, senti tanta dor, como se minhas entranhas fossem arrancadas de mim. Tanta era a dor que a vontade de abrir um buraco a faca em minha barriga por pouco não se transformou em realidade. Os socos e tapas não foram suficientes.

Gostaria de me lembrar de tudo o que ouvi; nessas situações extremas perco o controle de tudo e minha memória - aquela da qual mais me orgulho - foge mim.

O vazio foi o que restou e o que se seguiu foi um grande exercício.

Que fique marcado mais um dia. 27 de janeiro de 2012. O dia que o vazio tomou conta.

Marcadores: , ,


Melhor visualizado em 1024 x 768 - Counter: Site Meter