A Meu Ver!


The one about flights, kids and San Francisco

Então que a gente foi pra Phuket, no fim achei que a ida foi desnecessária, achei a cidade suja, com cara de suja, sabe? O hotel, comparado com o último, era bem ruim. 

Mas pelo menos valeu por um restaurante e pela praia, onde eu finalmente consegui me bronzear direito. 

Pegamos uma van pra ir pra lá, da mesma agência que nos vendeu o passeio pra Phi Phi. E na volta pegamos uma van do hotel. O aeroporto de Phuket também é zoado. O vôo foi ok, chegamos em Bangkok, passamos na casa da Sophida pra pegar as malas e fomos pro hotel, que era o retrato da desordem na terra. Morcegos ou pássaros na árvore da sacada, cocô de bicho na janela, uma chuveiro zoado, péssimo. Não era o hotel indicado porque esse demorou pra responder; fomos dormir quase 3h da manhã pra acordar as 5h. 

O primeiro vôo pra Hong Kong foi ótimo, com uma turma de novos comissários nos servindo. O Hong Kong/San Francisco foi longo, nem o São Paulo/Londres é tão maçante. 
Tinha um menininho de uns 6 anos sentado do meu lado, a mãe me cedeu o corredor dela pra sentar do lado dele e nós começamos a conversar logo de cara, de início ele era legal e inteligente, acabou intransigente, mimado e não querendo me deixar dormir. 
Fernanda e minha mãe passaram MUITO mal durante o vôo e eu incrivelmente fiquei bem. 

Chegamos em San Francisco, chegamos no HI, SFO nos colocou num quarto privado. Passou na recepção, fez que não me viu, depois de fazer o check-in fui lá falar com ele, fofo como sempre, o abraço fraco de sempre, falando da onça alemã como sempre e vi que dessa vez eu não escapo, vou ter que conhecê-la. Ele montou a cama extra que mandou por no nosso quarto! Eu não posso com essas coisas. E depois apareceu pra nos chamar pra beber enquanto eu dormia. 

Saí pra comprar frutas e água pras meninas, céu azul, vento no rosto, como eu sou feliz nesse lugar. É de encher meu coração. 

Essa é a minha vida. 

Marcadores: , , , , , , ,


Melhor visualizado em 1024 x 768 - Counter: Site Meter